quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

O Poeta Cospe Versos.


Dons e Dons... dororons.
.
.
Enquanto no relógio tic tac faz,
.
.
meu peito se refaz e se desfaz
.
.
E disfarçadamente
.
.
Amo-te mais.

4 comentários:

Giu Missel disse...

Tati, adoro esse pequenos...acho que tem um potencial grande deles pra gente embarcar.

bjs!

Ingrid Regina disse...

o tic tac do relogio me lembrou uma poesia do Vinicios, O Tempo.

pensar em amar mais disfarçadamente me lembra meus 14 anos. rs.

beijos, e obrigada pela companhia na caixa.

Tati Tosta disse...

^^ Grata Giu.^^

'deles pra gente embarcar'

Beijos

Tati Tosta disse...

Beijos Ingrid.

E quanto a caixa.
É um prazer.
Eu gosto de Lá.

Grata pelas visitas e pelas
tuas linhas aqui.