domingo, 25 de julho de 2010

Tentativa de Conto erótico - Cap. II


Deslizou os dedos, contornando suavemente o sorriso tímido que dançava na face dela, perdendo o compasso da própria respiração, permitiu que seus olhos pregassem aos dela e fechando os olhos, sentiu não só a respiração descompassada da moça, mas todo o calor de sua face rubra.

Sorriu com os olhos fechados e pregou a mão dela em seu próprio peito, fazendo-a sentir todo desespero de seu coração.


- Eu sei que eu não fico vermelho, enquanto minhas bochechas também se tornam mornas com o calor do que você me provoca. Mas sente. Estamos no mesmo tom. No mesmo descompasso.


Ele balbuciou com os olhos fechados. Tendo ainda, as mãos dela em seu peito que mantinha o desespero, parecendo querer sair de dentro dele.

Ela por sua vez, manteve as pupilas abertas, contemplando os desenhos das expressões que passavam na face dele.

Com a mão que estava livre, tocou-lhe as maças do rosto e sentiu o calor dos poros, a pele estava até úmida, pelas tantas provocações que percorria todo o corpo naqueles instantes.


- Gosto desse calor, essa chama, esse fogo que escorre dos seus poros toda vez que estamos assim... Próximos...


E ela perdeu as palavras e os pensamentos, enquanto os lábios avermelhados e carnudos do menino tocavam os dela, travando-lhe um beijo completamente apaixonado.


- Amor... Deixa eu te olhar assim um pouco...


.



[Ba-bi... Mais um pra você... esse é continuação do primeiro - 'tentei né'. Obrigada por quem passa por aqui. Beijos e bons ventos]

7 comentários:

Rodolpho Padovani disse...

E vc ainda teima em dizer "tentativa", ficou muito bom, as palavras bem colocadas, pude ver toda a cena se desenrolar...

Bjs e continue escrevendo mais =)

Babizinha disse...

Eu senti o corpo flamejar por dentro num desejo insólito só em ler e imaginar a cena; transportei-me ao lugar da personagem e quis ser ela - que loucura! E não é mais uma "tentativa" como Rodolpho disse, de fato o é um conto. (:

Beijos
:*

Amanda Arrais disse...

Eu também pude ver a cena se desenrolar e senti a intimidade e intensidade do casal. Realmente bem escrito.

=*

Irene Moreira disse...

Tati
Deixou de ser uma tentativa. O Capítulo II extravasou.
Beijos e boa semana

Iriene Borges disse...

Tá bonito!!

Mariáh C. disse...

Olá *-* '
acho que seu post não foi uma simples tentativa, porque deu certo .
e valeu a pena ; ê , ê .
=D
fique com Deus e até !

Nini C . disse...

caramba, realmente muito bom, me encantei com seu blog, já estou seguindo, com certeza voltarei mais vezes. beijos.