terça-feira, 8 de julho de 2014

Sobre encontrar e perder - parte II

Então Deus, enfiando os pés na areia se dirigia ao barco preso na margem

O menino olhava. Deus todo calmo, o mundo em caos e ele indo pegar peixes.

Deus era doido. Tinha constatado.

- Ei Menino, você não vem?

Foi andando devagar, olhos calmos e entrou no barco tomando os remos.

Nenhum comentário: