sábado, 24 de maio de 2014

Sobre encontrar e perder


O Menino havia passado anos observando toda aquela imensidão salgada que na outra margem apontava o céu. Queria mesmo atravessá-lo nem que fosse a remo.

Precisava falar seriamente com Deus.

Na manhã suja, vestida de nuvens que dançavam no céu, o menino entrou no barco a vela - tomou os remos em suas mãos de menino, atravessou lentamente todo aquele mar e encontrou-se finalmente com Deus.

Com um suspiro breve, e as mãos macias da areia Deus lhe sorriu de costa e de forma quase macia lhe disse.

- Oi Menino, finalmente você chegou! Mas porque afinal você veio?

- Olá deus, vim porque preciso falar seriamente com você.

Deus deu gargalhadas e depois - tornando o semblante sério, lhe disse;

- Vieste no lugar errado Menino, eu não falo sobre coisas sérias e perguntas tortas. Estou indo pescar!


Nenhum comentário: