segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

A voz que ninguém ouve


-->


Há pouco tempo atrás, eu estava tentando compreender, quem ou o que é o Amor e o que ele pensa nas horas vagas, quando não está/mesmo estando, amando. Então em um dia estranho, me peguei fechando os olhos e tragando o ar com força, minhas vistas escuras clarearam e tudo que me lembro é do som da voz dizendo;

Imagine você as cenas:

Olhos cabisbaixos, lábios secos, por dentro um coração oco. Por mais que as veias bombeiem sangue o mantendo vivo, ele se sente cada vez mais fora do próprio corpo, a cada instante que marca no tic - tac do relógio, ele se sente mais morto e vivendo, chega a quase morrer por não saber como sentir a própria essência.
Traga o ar, tentando desanuviar a cabeça cheia de desassossegos e injúrias. Nada adianta, se sente cada vez mais fundo, se perdendo mais, enquanto a vida acontece fora dos seus poros

.

Em contraponto, noto noutro, um estado contrário; Olhos emitindo uma luz intensa, lábios vestidos com um sorriso dançante, por dentro o coração é uma ode. Por mais que o caos esteja acontecendo ao seu redor, ele se sente cada instante mais disposto a viver e a permitir que tudo que está dentro dele, emane pro mundo.
Traga o ar, tentando concentrar suas emoções nos dedos, seus olhos fartos de afeto percorrem sossegados por entre os detalhes do mundo, enquanto a vida acontece em seus poros

.

Entre os homens que já existiram e dos que habitam hoje a terra, muitos pensam algo bem formado ao meu respeito e os que não fazem parte disso, ficam com a ideia de que não existo, de que não passo de uma ilusão humana, o qual fora criado para amenizar situações de frustrações e de desespero ou para causar alguns constrangimentos e desassossegos aos homens que acreditam que eu existo.

A verdade ao meu respeito é que só existo mesmo, para os que piamente acreditam na minha existência, não que eu seja fruto de qualquer ilusão, mas só posso nascer para os que me permitem.
Eu sou uma semente que é embutida dentro do homem no momento de sua fecundação no ventre materno e só cresço, germino e passo a florescer, demonstrando minha existência - quando os homens crêem que eu existo e me enxergam dentro de si mesmos.
Aos que não permitem esse desabrochar, por vezes eu tento me demonstrar através de outras vidas, mas quando eles não estão com os olhos bem abertos, não me percebem. E para estes eu não posso nunca mesmo existir.

Quanto ao que eu penso a respeito de vocês homens, vocês são tolos.
Passam a vida tentando me encontrar e não são sensíveis para me perceber dentro de vocês. E muitas vezes quando me encontram, quando topam comigo, não me reconhecem e acabam me perdendo de vez, me deixam escorrer pelos seus dedos e ao fim dos dias quando se encontram cabisbaixos não podem viver completamente, não se sentem vivos de verdade. E eu, não posso fazer nada, não acreditam em minha existência

.

Só está vivo quem me tem nos olhos,
Vivo para quem me tem nos olhos

.


"Texto escrito a algum tempo já, depois de uma conversa com a Babi, onde ela soltou a frase 'melhor perguntar pro amor, o que ele pensa sobre a gente' - daí nasceu o texto - Obrigada por quem sempre tem passado por aqui... E aguardem - amanhã 3° Capítulo do Conto Espelho d'água"

5 comentários:

Rodolpho Padovani disse...

Ahh, esse eu já conhecia e desde qdo foi escrito eu já gostei =)
Falou grandes verdades.
Muitos perdem o amor por bobeira...

Bjs =)

Babizinha disse...

Ou as pessoas estão cada vez mais cegas, ou estão ficando cada vez mais egoístas sobre os assuntos do coração.

E o teu texto foi ilustrando tão bem o que possivelmente o Amor pensa/fala sobre nós que me pareceu até real. A mensagem está dada...
"Só está vivo quem me tem nos olhos,
Vivo para quem me tem nos olhos"

Adoro essa tua perspicácia e sensibilidade para abordar esse tema!

Beijos, trenzinha.
:*

*Amanda* disse...

Ah! O Amor!
Esses dias estava pensando exatamente nisso!
Ás vezes as pessoas causam grandes transtornos, até guerras, pelo Amor.. e não se preocupam em começar do primeiro degrau.. que é amar a si próprio, antes de exigir o amor de outras pessoas!!!

Ameii o texto!

bjs*

;)

Alessandra Almeida disse...

é bem assim que acontece, o amor está na nossa frente quase gritando, e ao invés de pararmos e "cuidarmos" dele, a gente deixa passar.
É, o amor é complicado de entender não?
Adorei o texto Tati, beijão.

Bruna Bianconi disse...

Tati

Que texto lindo, doce, faz a gente refletir!

Gostei e muito.

Beijos