domingo, 26 de dezembro de 2010

Dentro de casa





Capítulo V – A missão

- Preciso te entregar isso...

- Me entregar? Você me conhece então, querida?

- Sim... Mamãe! E eu sei há muito tempo que você mora aqui

Na outra extremidade do jardim, a irmã, mantinha os olhos grudados nas duas, como quem assiste a um grande espetáculo.

- E sabe o que mais? - A voz de Nana se torna levemente irritada - Eu não preciso de você, não preciso que cuide de mim, apenas preciso te entregar isto. - E colocou rispidamente a caixa entre as mãos da mãe, que perdera a serenidade do outro momento e se mostrava surpresa e emocionada.

Nana, girou o corpo e começou a andar rapidamente em direção as cerejeiras, com a esperança de que a irmã, ainda a esperasse ali.

Abraçou a única pessoa que te dera apoio por toda a sua vida, sua irmã querida, e as duas foram caminhando de mãos dadas para longe daquele lugar.

Primeiro de Muitos – Por Clara Doce histeria e Tati Tosta [re]construções

4 comentários:

Babizinha disse...

Eu estava pensando que fosse ser uma pessoa totalmente diferente...
Agora quero saber porque a mãe dela mora em outro lugar que elas; e o mistério da caixa amarela.
Parem de nos enrolar, hein. rs

Beijos, adorando o desenrolar da história! (:
:*

Inercya disse...

Isso tá gostoso de ler. Espero por mais :D

Rebeca Postigo disse...

Estou curiosa...
Quero mais!!!

Bjs

Rodolpho Padovani disse...

Tá, e a caixa?
E a mãe tá longe por quê?
Que venha 2011 e com essa continuação, haha.

Bjs =)