sexta-feira, 16 de julho de 2010

Nota de Aniversário

Como é que uma Moça sorri

[igual a Ba-bi]


Eu não acreditava que de longe, a gente pudesse ver um sorriso no rosto de alguém... Porque mesmo os sorrisos ensaiados, àqueles de retrato, de fotografias que se expõem para o ‘mundo’, eles nunca me pareceram muito sinceros, jamais acreditei que eles pudessem expressar alguma verdade sobre as pessoas que estivessem neles.

Eu, na minha particularidade, meu jeito um tanto quanto estranho de ser e sentir a vida e os momentos, sempre alimentei uma espécie de auto defesa. Um mecanismo que trabalhou sempre alerta afim de não permitir que eu me envolvesse demais. Mas ele nunca funcionou nenhum pouquinho.


Desde quando nossos contatos se iniciaram e começamos a nos conhecer e a nos descobrir, minhas defesas expiram quando topo com tuas palavras. Não sei bem como, mas eu já lhe disse que me pergunto - Que amizade é essa? – Porque realmente não sei explicar o que me ocorre, mas o fato é que sou bastante vulnerável a você Moça.


Antes eu gostava dos seus escritos – Da capacidade que você possui de criar os mais incríveis cenários, provocando as mais absurdas sensações a quem lê. Depois disso, eu apreciei as tuas escolhas, porque por mais que tenha dias de preguiça, de desanimo e afins, você é incrivelmente determinada. Como se não bastasse, me encantei pelo fato de você Dançar... E ainda te imagino deslizando com a música... Com o tempo, com cada contato que tivemos nesses meses de relacionamento, eu venho conhecendo os seus defeitos que não são poucos e as suas qualidades, que são tantas que se sobressaem nos seus atos.


Ba-bi. Bo-ba. Ba-bo.


Talvez com o tempo nos tornemos ainda mais amigas ou talvez aconteça algo que faça com que nossos horários deixem de se cruzarem ou percamos os contatos uma da outra e não consigamos mais nos falar... Mas independente do que aconteça amanhã, sei que sempre me lembrarei de você com uma lembrança terna, amiga. Gosto muito da nossa amizade, além de te admirar como pessoa e como escritora, gosto da Ba-bi.Bo-ba que canta indiozinhos comigo, a pessoa sensível, sensata, crítica, romântica, que se diz desastrada, amiga, doida...


Ah Moça gosto tanto de você!


É difícil escrever pra você uma nota de felicitações, de bons desejos... É complicado tecer linhas para alguém que queremos tão bem que não sabemos nem como ou o que dizer pra tal tal – Eu queria mesmo é poder te dar um abraço bem apertadinho, um beijo estralado na bochecha e me entupir de sorvete e pipoca doce com você pra gente comemorar... Mesmo que você ache ruim essa coisa de completar anos, sinceramente eu gosto quando meus amigos fazem aniversários, é bom ver os olhos brilhando. Uma pena eu não poder contemplar os teus Moça.


Desejo que Deus, com toda a sua Graça, Amor e Fidelidade derrame os céus sobre a sua vida e a vida de toda a sua família. Que você possa ser cada dia mais feliz, mais realizada, encontrando sempre um ponto de equilíbrio entre a busca pelos seus sonhos e as boas coisas que vivencia e tem em mãos... Desejo também, que a sua inteligência seja visível e possa se mostrar nos momentos necessários, que você consiga tudo que almeja em sua vida e conte sempre comigo para o que você precisar e eu puder fazer.


Obrigada pela sua amizade... Suas palavras, teus belos escritos... Tua paciência com a minha chatice e tudo o mais...


Amo você e esse seu sorriso de Moça, esse sorriso que transparece tanto de você que às vezes me dá um vontade de me perder nas horas contemplando ele...


Espera que um dia a trenzinha chega aí...



Piuíiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii



Feliz Aniversário... Ba-bi.Bo-ba.Ba-bo... Beijos. Abraços e Mordidinhas


.

6 comentários:

Rodolpho Padovani disse...

Taaati, que coisa mais linda, imagino a felicidade dela ao ler essas linhas, é tão bom quando encontramos amigos assim que nos façam sentir especiais, muito legal essa sua maneira de dar os parabéns pra ela... e Babi, qdo ler aqui, te desejo muitas felicidades tbm, td de bom...

Bjs =)

Tatiane Trajano disse...

Que gracioso tudo isso.
Acredito que a Babi tenha adorado as palavras.

Babizinha disse...

Eu que nunca recebi homenagens em poucos horas desse dia recebi a melhor. Conseguiu me fazer chorar... De emoção e alegria em ter você em minha vida, sabia, Tatiane Tosta?!

Eu não sei mesmo o que dizer somente agradecer: obrigada mil vezes por Deus ter colocado você para alegrar meus dias. Sim, porque sem falar contigo por um dia parece que ele não valeu nada. Espero que o tempo esteja a nosso favor e não nos afaste, porque você também é muito especial para mim. Que os Anjos digam amém sobre tudo o que me desejou de bom e lhe desejo em dobro!

E obrigada Rodolpho! (:

Eu te amo, amiga - minha trenzinha, chatinha e xuxuzinha! ♥
:*

Colhendo, né Amor!? disse...

Tati, eu nunca li, nem escrevi nem falei, nem nada, para felicitar alguém assim tão lindo e com tanta verdade. Você é linda.

Grande beijo

Colhendo, né Amor!? disse...

Tati, eu nunca li, nem escrevi nem falei, nem nada, para felicitar alguém assim tão lindo e com tanta verdade. Você é linda.

Grande beijo

Irene Moreira disse...

Tati

Muito lindo o que escreveste. Uma homenagem feita pelo coração. A Babizinha merece, vai chorar e vai adorar.

Beijos