quinta-feira, 17 de junho de 2010

Sinto sua falta

'Lábios secos, olhos fartos d'água e por dentro, essa ausência que não sara'


Nesses momentos meus olhos se tornam fartos, inundados d'água de minhas angústia
Nesse desespero, meus lábios se tornam secos, vazios; sem qualquer palavra.
E, com os olhos vazios, e os lábios secos; sem palavras, deixo a dor escorrer pelos olhos fartos d'água. E aqui dentro, em meu peito quase oco, continua tudo igual
.
Ainda estou me perguntando em que ponto da estrada eu Te deixei, eu sei que o deixei, não podia mais suportar Tua companhia. Só não me recordo onde, me esforço mas não consigo saber. Contudo, não precisa fazer tudo de forma a me machucar tanto, já conhece as minhas dores maiores, não precisa provocá-las para que eu perceba o que queres que eu veja, conhece a minha sensibilidade e sabe, que eu sempre sinto o que queres me mostrar ou dizer
.
E acabo por ficar aqui,

Sem nenhuma palavra para proferir,
Algumas lágrimas para deixar a dor escorrer

E lá dentro,

Pergunto-me, onde você está? Se vai demorar pra me ajudar a encontrar o lugar onde o deixei, sinto sua falta, te queria tão mais perto hoje.

13 comentários:

Bruna Bianconi disse...

Esse texto combina com várias areas de minha vida nesse exato momento.
Pegou meus sentimentos e transformou em palavras.

Ótimo Tati, beijos.

Grafite disse...

Lindo lindo!
aaah!...a saudade as vezes dói tanto!

beiijo
*.*

Manuh *.* disse...

saudades doí sim
obg pelo elogio:
adorei seu texto
xx

D i c a disse...

Falar dessa falta é bem mais fácil que escrever.
Já desabei muitas vezes pelo mesmo motivo.

Cris Souza disse...

Sobre pertencer... o marcador já diz muito! E lágrimas, coração oco, perdas, passado, um texto meu? um texto que escrevi pra mim? Porque seu texto tati, foi assim: tão feito pra mim. obrigada!
que tudo me ajude a conviver com a verdade e a não me desviar!

#Hunters disse...

me sint igual. DROGA ):
haha, texto linds *-*

to seguindo! se puder retribuir.. haha

bjs, Gaby Alegre

www.tdyhunters.blogspot.com

Alessandra Almeida disse...

Que texto bom de ler, sabe quando a gente se identifica?
Ai meu deu uma revolta de tensão em meu amâgo, me senti lida!
ótimo texto Tati,
beijos.

Rodolpho Padovani disse...

E essa falta que nunca é saciada, como fica? Doendo né.

Bjs =)

Sarah Slowaska disse...

Sabe, eu deixei de me perguntar para passar a aceitar. Sofre-se bem menos.

Gostei. Me fez lembrar muita coisa que não havia esquecido, mas que faço questão de ignorar.

Beijos

Monique Premazzi disse...

Saudades dói, mas as vezes é necessário para a gente se dar conta do quanto ama aquela pessoa.

Lindo amiga *-* Como sempre.
xx

Tatiane Trajano disse...

Simplesmente me inundei nas suas palavras...

Muito bom Tati.

=*

Monique Premazzi disse...

Sério que gostou? É bom ler isso vindo de você *-* Obrigada <3

Mariana Leal disse...

lindo (: