quinta-feira, 10 de junho de 2010

Papo de Poeta

'Sabe quando você conversa com um poeta que é tão bom que tudo que fala é poesia, e aí ocorre um jogo de palavras bom e o poema vai se desenhando nos olhos da gente? - Foi isso - Ele disse e eu vi o desenho'

Essa coisa de não saber

Viver, sofrer
Ansiar
Enlouquecer

Criar mais dúvidas

Tentar aprender
Sentir
Transmitir

Se reinventar pra amenizar



E no fim,
Descobrir de vez, ou
Se perder nas dúvidas

Na vida
.

Rodolpho Padovani

4 comentários:

Rodolpho Padovani disse...

Nem tenho o que comentar né? Eu falei e ela brincou com as palavras =)
Adoreeei *.*

Bjs...

Obs: Poeta? Já é demais né... rsrs

Flávia disse...

Eu tenho menos o que comentar ainda.
Que união boa essa!

Ele falou e ela brincou com as palavras! ;) Rs!
Adoreei!

beeijos

Babizinha disse...

Dois modestos, dois poetas natos, Tati e Rodolpho!

Que boa união essa! [2]

Beijos
:*

Clara disse...

Acho que 'descobrir de vez' só pode significar morrer... Me vi nessa poesia, tão simples.

Ótima junção de poesia com poesia. hehe!