quinta-feira, 27 de maio de 2010

Tempero

Olhos vazios passeiam por entre esse cenário de todos os dias que compõe a paisagem donde eu vivo. Eu ainda não sei o porquê desse olhar tão vago e costumeiro, suspeito até, que essa falta de tudo nos olhos é a presença de nada lá dentro dela. Onde nos homens sensíveis como eu estão os jardins de sentimentos, bem ou mal cultivados.

Seu corpo é bastante bom. Possui uma postura ereta e a sua face, com traços fortes e serenos, transmitem uma paz estranha e uma vontade incomunicável de tocar-lhe com os dedos, suavemente.
Os lábios carnudos e sempre iguais, sem sorriso e sem bico de mal humor também, me embriagam de tal forma que me perco enquanto o contemplo e a desejo de longe.

Bem longe;

Papai diz; que já passei da idade dessas coisas, mas eu não aprendo. Acho gostoso assim; esse desejo todo de longe, esse gosto todo que eu imagino que ela tem.

Seus Cabelos são acastanhados em um tom escuro, semi longos. Lindos... Ah como quero deslizar meus dedos sobre os fios, acariciando-os sossegadamente, até que adormeça em um sono de
Anjo

Bem de longe, eu a observo sempre, cada contemplação é como ver os anjos mais belos do Cristo ressuscitado e como ver a força da beleza das chamas do fogo, dançando no lago do inferno,

Já não sei se é o menino Deus quem nasce dentro de mim e eu passo a crer na divina trindade e em todo o encanto do amor entre os homens, ou se é o outro,
O menino demônio, que faz a minha carne querer o seu corpo, que faz com que eu esqueça tudo, me faz querer só ela

Meu rosto rubra!
Meu coração se desconserta de tempo em tempo, em uma constância estranha
E eu, permaneço sem querer que ela se torne alcançável
Aos meus braços de menino-homem.

15 comentários:

Monique Premazzi disse...

Está perfeito como eu já tinha dito no MSN ontem *-* Você escreve bem amiga e isso é um fato, não tem como dizer que não. Você sabe usar as palavras perfeitamente, descrever as coisas tão bem e a leitura vai fácil. AMO aqui de verdade *-* xx

Rodolpho Padovani disse...

Maravilhoso, como eu já havia dito, descreve o desejo carnal q vive no interior de alguns. Muito bem escrito e o jogo das palavras ficou ótimo...
Até fiquei com vontade de escrever algo sensual tbm, hehe

Bjs =)

Alessandra Almeida disse...

Super sensual mesmo Tati, você escreveu como você respirou, no seu próprio ritmo!
Adorei!

Beijão, Alessandra.

Babizinha disse...

Depois da briga, a apreciação. Sem tirar nem pôr, desde o jogo das palavras à desregrada métrica que usas, ficou lindo teu escrito!
"Bem de longe" eu te acompanho, moça. :D

Beijos
:*

Clara disse...

Tão suave... Mesmo um assunto 'difícil' como esse pareceu angelical.
Que saudae de seus textos que vão levando e levando até o fim sem que se perceba!

Que bom estar de volta... ^^

Monique Premazzi disse...

Amiga linda, tem selinhos pra você lá no blog.

xx

Rodolpho Padovani disse...

Selos pra ti no meu blog...

Bjs...

Faith ~ Rocket Queen disse...

Você escreve muito bem! Belíssimo texto, tem romantismo e até um pouquinho de erotismo, na medida certa. Eu amei!

Belo blog, ótimo domingo pra ti! ;*

Mariana Leal disse...

lindo, mil vezes lindo. Me identifiquei

Ju Fuzetto disse...

Lindo!!!

Mil beijos flor, boa semana!!


se cuida

Vanessa Monique disse...

Amazing!
Vc sempre escrevendo mt bem.
Parabéns!
Espero sua visita!
www.fluem.blogspot.com
:*

Monique Premazzi disse...

Amiga, aonde você anda?
xx

Essência e Palavras disse...

Oi linda

Tem um meme pra voce no meu blog ta?

beeejo!

Monique Premazzi disse...

AI AMIGA OBRIGADA PELOS ELOGIOS, VOCÊ NÃO TEM IDEIA DO QUANTO ISSO ME FAZ BEM *-* EU FICO TÃO FELIZ QUE VOCÊ GOSTE DO QUE EU ESCREVO. OBRIGADA MESMO PELO CARINHO, ADORO VOCÊ <3

Rebeca Postigo disse...

Wow!!!
Palavras certas em lugares certos fomaram esse texto fabuloso...
Amei!!!

Bjs