quinta-feira, 13 de maio de 2010

[Palavras Mil]


">


Uma prece um adeus

eu não entendo porque o senhor fez isso. deixou todas essas dores chegarem perto da gente. logo o senhor que vive dizendo que ama a gente, que se importa, mas não é o que parece. sinto muito se eu te decepcionei.

está sendo difícil essa conversa com o senhor hoje, esse seu silêncio me deixa mais nervosa do que de costume, mas vou me esforçar porque é muito importante o que tenho para te dizer.

mamãe e papai não querem me deixar ter contato com as pessoas de outras cores, e por mais que eu explique toda a semelhança que existe entre a gente eles sempre me dizem que estou louca, que somos completamente diferentes, que não temos nada em comum.

bom, o senhor sabe como eles são, eles não escutam ninguém, quanto mais a mim. não se importam nem com o que eu penso e nem com o que digo e sinto. estão sempre ocupados demais com suas limpezas e lustres. por isso vim aqui falar com o senhor. estou indo embora. sei que o senhor vai dizer que tenho apenas doze anos e que nem sei viver lá fora com o mundo, mas não gaste suas palavras, eu estou decidida. hoje no crepúsculo eu irei me encontrar com o Cris na ponte, partiremos em um daqueles barcos, não queremos deixar pistas. bom, só estou te contando porque gostaria que o senhor viesse com a gente, sei que o senhor me entende e que o senhor enxerga as pessoas como elas são.

o senhor vem?

- Vou sim filha, mas antes vou me despedir de seus pais.

não vai contar para eles que estamos indo vai? não precisa responder, sei que o senhor não vai. sei que eles não te escutam, que não acreditam em você. nos falamos mais tarde então.

.

Sr. Edmundo e Sra. Alice – Pai e Mãe. Gostaria de tê-los feito saber que o homem não tem cor e que o amor não se instala em uma classe social ou grupo de pessoas e se aprisiona ali, num ciclo do convívio social onde nos relacionamos. Como não me compreendem e aceitam, resolvi ir embora, não se preocupem, estarei bem cuidada e mesmo que não gostem de pensar que ELE existe, estou levando DEUS comigo. Já falei com ELE. Nós vamos juntos.

Um beijo.



[Esqueçam todo o vídeo! Me prendi na primeira imagem. A moça na janela. Eis alí a tal conversa. Não que tenha sentido. Mas foi o que eu senti pra isso tudo. Não sei se alguém entendeu alguma coisa do que eu quis transmitir, mas enfim. E as letras todas minúsculas é porque vocês sabem... Era uma Menina e DEUS. Beijo e obrigada por quem ainda passa por aqui]

11 comentários:

Bell Souza disse...

Eu entendo EXTAMENTE o que você disse, Tati!
às veses faço isso, conversar assim com Ele.
Bom, né? beijos

Monique Premazzi disse...

Lindo texto, você arrazou Tati.
É horrível que tenha pessoas que não acreditam em Deus, que apenas acreditam no que se pode ver.

xx

Doce Nostalgia disse...

Ai minha luta com Deus é diaria, eu vou e volto pra ele, vivo perguntando coisas a ele com respostas sempre silenciosas...
Esse texto me tocou por que é exatamente o que acontece pra quem já conheceu de fato a Deus, é um relacionamente como qualquer outro cheios de altos e baixos.

Eu gostei bastante!

Desculpa o sumiço, ando numa preguiça de postar e comentar que só Deus me entende ou não hahahaha

Beijão flor, prezo bastante a tua sinceridade!

DILERMArtins disse...

Mas bah, guria.
Adorei isso!
E veja bem, jamais peça desculpas ou dê esplicações por seus textos; um texto depois de publicado, é como um filho colocado no mundo, tem vida própria, textos vivem do entendimento dos leitores, independente da nossa vontade.
Você é uma ótima autora.
Parabéns! Abração.

Jamylle Carvalho disse...

muito bom.
bom mesmo :B

Alessandra Almeida disse...

É mesmo horrível saber que algumas pessoas não acreditam em Deus, não ter fé em nada, nenhum objetivo. Lindo seu texto Tati, é muito bom rezar, faz bem pra alma.

Beijos, Alessandra.

Monique Premazzi disse...

Aguardando um novo post.

Amiga, deixei um selinho pra você lá no blog *-* Espero que goste.

xx

Rodolpho Padovani disse...

Selo pra ti no meu blog =)
Espero que goste...

Bjs...

Chica disse...

Maravilhoso,Tati.Lindíssimo!beijos,chica

Irene Moreira disse...

Tati
Que prece linda, gostei muito e está muuto bem dentro do tema proposto. Concordo plenamente com o Diler "Texto publicado é como filho colocado"
Beijos

Sandra disse...

PARABÉNS PELA PARTICIPAÇÃO. CARINHOSAMENTE,
SANDRA

INTERAÇÃO DE AMIGOS TAMBÉM ESTÁ.
PASSE POR LÁ E COMPARTILHE.